Seguidores

relogio

Postagens animadas Canal Pedagógico

Pesquise. Não use acento nas palavras para pesquisar.

Carregando...

Pesquisar este blog

Carregando...

PARA SALVAR AS IMAGENS, CLIQUE NAS IMAGENS PARA VISUALIZAR MELHOR.

1. Escolha a imagem;
2. Clique no botão direito do mouse;
3. Escolha a opção “Salvar Imagem Como ...”
4. Escolha o local a ser salvo a imagem;
5. Clique em salvar e pronto.

domingo, 3 de janeiro de 2010

projeto didático "A Música e o Movimento"



Justificativa
Este projeto tem como finalidade trabalhar a Música e o Movimento na Educação Infantil. A idéia do tema em destaque, surgiu devido a rotina de que as crianças ouvem as músicas e não realizam nenhum tipo de atividade diferenciada para o seu desenvolvimento.Segundo os PCNs, 1997, p. 75:
A proposta de ensino que considere esta diversidade precisa abrir espaço para o aluno trazer música para sala de aula, acolhendo-a, contextualizando e oferecendo acesso a obras que possam ser significativas para seu desenvolvimento pessoal em atividades de apreciação e produção.Para Bréscia (2003) a musicalização é um processo de construção do conhecimento, que tem como objetivo despertar e desenvolver o gosto musical, favorecendo o desenvolvimento da sensibilidade, criatividade, senso rítmico, do prazer de ouvir música, da imaginação, memória, concentração, atenção, auto-disciplina, do respeito ao próximo, da socialização e afetividade, também contribuindo para uma efetiva consciência corporal e de movimentação. As atividades de musicalização permitem que a criança conheça melhor a si mesma, desenvolvendo sua noção de esquema corporal, e também permitem a comunicação com o outro. Weigel (1988) e Barreto (2000) afirmam que atividades podem contribuir de maneira indelével como reforço no desenvolvimento cognitivo/ lingüístico, psicomotor e sócio-afetivo da criança, da seguinte forma: Desenvolvimento cognitivo/ lingüístico: a fonte de conhecimento da criança são as situações que ela tem oportunidade de experimentar em seu dia a dia. Dessa forma, quanto maior a riqueza de estímulos que ela receber melhor será seu desenvolvimento intelectual. Nesse sentido, as experiências rítmico musicais que permitem uma participação ativa (vendo, ouvindo, tocando) favorecem o desenvolvimento dos sentidos das crianças. Ao trabalhar com os sons ela desenvolve sua acuidade auditiva; ao acompanhar gestos ou dançar ela está trabalhando a coordenação motora e a atenção; ao cantar ou imitar sons ela esta descobrindo suas capacidades e estabelecendo relações com o ambiente em que vive. Desenvolvimento psicomotor: as atividades musicais oferecem inúmeras oportunidades para que a criança aprimore sua habilidade motora, aprenda a controlar seus músculos e mova-se com desenvoltura. O ritmo tem um papel importante na formação e equilíbrio do sistema nervoso. Isto porque toda expressão musical ativa age sobre a mente, favorecendo a descarga emocional, a reação motora e aliviando as tensões. Qualquer movimento adaptado a um ritmo é resultado de um conjunto completo (e complexo) de atividades coordenadas. Por isso atividades como cantar fazendo gestos, dançar, bater palmas, pés, são experiências importantes para a criança, pois elas permitem que se desenvolva o senso rítmico, a coordenação motora, fatores importantes também para o processo de aquisição da leitura e da escrita.
Desenvolvimento sócio-afetivo: a criança aos poucos vai formando sua identidade, percebendo-se diferente dos outros e ao mesmo tempo buscando integrar-se com os outros. Nesse processo a auto-estima e a auto-realização desempenham um papel muito importante. Através do desenvolvimento da auto-estima ela aprende a se aceitar como é, com suas capacidades e limitações. As atividades musicais coletivas favorecem o desenvolvimento da socialização, estimulando a compreensão, a participação e a cooperação. Dessa forma a criança vai desenvolvendo o conceito de grupo. Além disso, ao expressar-se musicalmente em atividades que lhe dêem prazer, ela demonstra seus sentimentos, libera suas emoções, desenvolvendo um sentimento de segurança e auto-realização. É importante salientar a importância de se desenvolver a escuta sensível e ativa nas crianças. Mársico (1982) comenta que nos dias atuais as possibilidades de desenvolvimento auditivo se tornam cada vez mais reduzidas, as principais causas são o predomínio dos estímulos visuais sobre os auditivos e o excesso de ruídos com que estamos habituados a conviver. Por isso, é fundamental fazer uso de atividades de musicalização que explorem o universo sonoro, levando as crianças a ouvir com atenção, analisando, comparando os sons e buscando identificar as diferentes fontes sonoras. Isso irá desenvolver sua capacidade auditiva, exercitar a atenção, concentração e a capacidade de análise e seleção de sons.

Objetivo geral:Propiciar às crianças atividades de musicalização visando explorar o universo sonoro, levando as crianças a ouvir com atenção, analisando, comparando os sons e buscando e identificando diferentes fontes sonoras.

Objetivos específicos:Levar os alunos à: desenvolver a capacidade auditiva; exercitar a atenção; concentrar e despertar a capacidade de análise e seleção de sons; liberar suas emoções, desenvolvendo um sentimento de segurança e auto-realização; desenvolver a expressão corporal.
Conteúdos ( a serem trabalhados no período de docência do Estágio II):
Linguagem Oral: oralidade, música infantil, cantigas de roda, Arte: Expressão corporal.

Metodologia ( atividade a serem desenvolvidas no período de docência do Estágio II):

Será através de atividades coletivas com as crianças contextualizando a música na Educação Infantil demonstrando algumas propriedades do som, tais como: altura, intensidade, timbre, duração. Apresentação de sugestões que integrem alguns dos conteúdos da Educação Infantil, com a música, tais como: texto coletivo, percepção auditiva e lateralidade. As atividades serão desenvolvidas de forma coletivas com os alunos e com a interação professor e aluno em sala de aula.

Avaliação:
A avaliação será através de registro descritivo das atividades desenvolvidas, onde o professor avaliará qualitativamente o grau de participação, envolvimento, colaboração e compreensão ao assunto.A avaliação será um processo cumulativo à aquisição

Um comentário:

Obrigada pela sua visita em meu Blog! Deixe um comentário!

CANAL PEDAGÓGICO

Comente:

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também